30 de maio de 2008

Aeronave RV9 A - O Linda Mariana III

Em fase final.....

Já esta em fase final de montagem, pela empresa Flyer em SP, o Linda Mariana III. Aeronave de procedência americana equipada com motor de 160hp, o RV9 A tem um cruzeiro de 280km por hora com autonomia de 1200km.





O laranja e vermelho sempre estiveram presentes nas minhas asas, agora nao seria diferente. Imagino que neste mês de junho já estarei fazendo os primeiros voos com ele.......o Brasil vai ficar ainda menor!!!!



detalhe da fuselagem e o estabilizador



canopy já colocado


vista da deriva



montagem do motor


8 de maio de 2008

Investida em Japeri

Apenas fotos em Japeri...mas nada de voo!


rampa virada pra L/ SW
Esta semana eu e mais um time de "vagabundos" fomos a Japeri pra pegar a condição de "W" que soprava forte e tentar um cross na direção de Cachoeira de Macacu, mas o vento "morreu" e aquele teto de 1800m da véspera simplesmente sumiu...nem decolei ....tiro errado!!!


a cordilheira do Tingua ao fundo
Como a região entre Petropolis e Teresopolis é recheada de cachoeiras intocáveis, quase que restrita aos nossos olhos, levei meu equipamento fotográfico na certeza de novas fotos e também, é claro, do famoso "Dedo de Deus". Esta era a meta, muitos kms e belas fotos, mas vai ficar pra próxima...



Gilson pronto pra decolar...

Aproveitando o equipamento cliquei meu amigo e controlador de voo Gilson, voador de Nova Iguaçú e grande piloto .......

3 de maio de 2008

Pedra da Gávea numa tarde especial!

Raríssima beleza.....


ainda em Angra

Acredito que a "Pedra da Gávea", depois do Cristo e do Pão de Açúcar, seja um dos atrativos naturais que mais encantam os que conhecem o Rio de Janeiro.
Marambaia e travez de Guaratiba, inicio da condensação
Pra nós voadores ela exerce um fascínio todo especial, do alto o visual se torna ainda mais impressionante. Numa tarde de sexta feira tive uma visão raríssima dela.


a Gávea no visual

Voltando de um vôo a Angra uma condensação a baixa altura, que começava na "Restinga da Marambaia" e se prolongava em direção ao Rio já indicava que surpresas estariam pra acontecer.
A medida que voltava a condensação foi se tornando mais densa, de longe já percebia que aquele cenário tão conhecido iria mudar...



a esquerda Gávea e a direita Pico da Tijuca
Mesmo aqueles que conhecem este visual poderiam não identificar a "Gávea". Por sorte, como estou quase sempre com uma maquina por perto, pude captar estes momentos de rara beleza

Gávea e "Croqueine"


mais perto
um "mar" de nuvens, momento raro!
esta pra mim impressiona muito
De "quebra" ainda deu pra fotografar o Cristo "flutuando" nas nuvens.
o Cristo sempre misterioso
flutuando em "preto e branco"
um espetáculo numa sexta a tarde